terça-feira, junho 26, 2007

Cumplicidades

Ontem ao final da tarde o pai teve que sair.
Apesar do vento, estava um dia muito agradável e não me apetecia nada ficar em casa. Perguntei-lhe se queria ia dar um passeio comigo. Ela adora passear e respondeu logo que sim, viva, que fixe... Foi apenas uma voltita por ali, a uma fonte de água a uns 15 minutos de casa. Água fresca, muito boa.
É engraçado como vemos os nossos filhos. Uma óptima companhia, bons ouvintes, grandes amigos. É assim que eu vejo a minha filha.
Gostei muito do pequeno passeio como gosto de tudo o que faço com ela. Porque ela é muito curiosa e pergunta e diz e faz. E dá opiniões. E eu gosto de lhas pedir.
Hoje eu estava a tomar o pequeno-almoço. Agora apanhou o gosto de se pendurar no banco quando eu estou sentada. Sobe, diz olá, desce, diz xau, volta a subir e repete a história.
Mas hoje foi diferente. Subiu e disse: gôto de ti, mãe.
E foi a primeira vez que eu ouvi daquela boquinha tão linda, sem lho pedir, esta declaração de amor, de amizade, do que há de melhor do mundo.
Obrigada filha. Eu também gosto muito de ti.

3 comentários:

Costinhas disse...

Aaahhh... o primeiro gosto de ti... mágico!

:))

beijos

Mamã P. disse...

Ai sabe tão bem ouvir estas coisas... espcialmente destas boquinhas!!

CsL disse...

Eia! Q'inveja! ;o)

Beijos,
Carla Sofia