quinta-feira, maio 17, 2007

Adora

andar de bicicleta.
Foi-lhe oferecida no Natal mas nunca lhe ligou muito. Talvez porque não chegava aos pedais e era complicado conduzir e empurrar ao mesmo tempo. Ia pegando nela quando se lembrava.

Agora é quase paixão. Já consegue pedalar e domina o guiador.
Mas tem calma miúda porque o domínio não se alcança assim com duas tretas.

Ontem lá andava toda contente. Vai para todo o lado em cima da "titeta" e na cestinha vai sempre algo: ou um boneco, ou um livro, ou um resto de fruta, qualquer coisa. Não sei como porque não vi, o conteúdo da cesta caiu ao chão. Ela achou que, mesmo estando sentada, conseguia apanhar. E até conseguiu. Mas caiu ela, caiu a bicicleta e deu com a cara numa cadeira.
Só à noite é que reparei que tinha a barbela um cadinho negra e que ainda se notava na bochecha um risco da pancada.
Agora anda a queixar-se a meio mundo que tem um dói-dói e se alguém o tenta ver alerta logo: não mexas!.

3 comentários:

Margarida Atheling disse...

Faz parte do crescimento!

Olha que se ela não chegava aos pedais, não admira que não lhe ligasse. ;)

Bjs! (e as melhoras do dói-dói!)

Mamã P. disse...

Pobrezita, que grande doi-doi deve ser!!

A minah tb adora bicicletas, mas pro agora só tem um triciclo, que já me dá muito que fazer!

Monica disse...

oh, 'tadinha :(
A Luísa também não deixa ninguém mexer nos dói dóis...
beijocas e rápidas melhoras