quinta-feira, julho 19, 2007

Ainda da chupeta

O "desmame" está a correr lindamente. Nada a apontar.
Nos primeiros dias ainda foi perguntando pela pupa, onde estava, mas eu quero, mas agora já não o faz. Lembra-se dela quando vê peixinhos, ou praia, ou mar. Pergunta logo onde é que ela está, mas eu digo-çhe que o peixinho está debaixo da água e ela volta a esquecer o assunto.
Mas o pior é adormecer. Ai meu Deus o que eu passo para que ela adormeça.
Exige uma história. É ela que a escolhe, mas isso já era hábito nosso. Quando a história está a acabar, não, minto, quando a história acaba, desata num pranto que só visto. É que chora mesmo com vontade. Eu agora já sei e antes que ela comece eu digo-lhe que a história já está quase a acabar mas que não faz mal que eu volto a contar no dia seguinte. Chora na mesma. Mas menos um bocadinho. Mas depois daquela pede outra, e uma música e depois quer o papá, e quer um beijinho, e quer aquele boneco, mas afinal também quer o outro... um teste à nossa paciência, só pode.
Ontem só demorou 1 hora para adormecer. Eu já me estava a passar e tive que lhe dar um berro. Depois arrependo-me mas a culpa é dela.
Eu já estava quase a dormir, mesmo. Os olhos já estavam meios fechados, um apenas a espreitá-la. Ora virava para um lado, ora virava para outro, levantava a cabeça, olhava para a porta, pegava no livro, abria-o, chamava-me muito baixinho e eu nada, mais alto um bocadinho e eu nada, pousava-o, erguia os pés, dava-me miminhos, virava-se para outro lado, fazia cócegas à grade... e isto umas 25.367 vezes. Já era muito tarde, não dava para continuar naquilo. Dei-lhe um berro. Chorou. Adormeceu passado 10 minutos.
Era preciso isso pá?

2 comentários:

Grilinha disse...

ehehehe !!! A "fulaninha" enrolou-te bem, hein ? São tão giros. Às vezes desesperam-nos, já sei, mas são crianças ...
Está mesmo uma espertalhona, cheia de manhinha ! Beijos

Luz de Estrelas disse...

O meu tb voltou a essa fase, de demorar a adormecer. Dá-me pontapés nas costas, abraça-me, enrola-me os cabelos... dez minutos tem graça, mas depois já só apetece dar-lhes uns tabefes. lolll. Temos de ter paciência Balinha.