segunda-feira, abril 23, 2007

Adormecer

Adormeceu.
Saio devagar do quarto dela.
Estamos sozinhas. Apenas eu e ela.
Estou a chegar à sala e a preparar-me para me sentar e ouço: mamã.
Não pode ser. Estava a dormir tão consolada.
Mamã, onde estás?
Vou novamente ao quarto dela e está sentada na cama a olhar para a porta. Quando me vê, pergunta:
Mamã, onde foste?
Volto a deitar-me com ela até ela adormecer novamente.

Tenho a noção de que é um mau hábito ela adormecer apenas comigo.
Quer dizer, sempre acompanhada. Nunca sozinha. Mas fazer o quê? Deixá-la a chorar? A culpa não é dela. Fomos nós, mais eu mea culpa, que deixamos isto avançar. Agora falta-nos coragem. Mas sabemos que mais tarde ou mais cedo teremos que fazê-lo e quanto mais tarde pior. Mais ela sofre e isso não interessa nada.

3 comentários:

Monica disse...

A Luísa era assim até que conseguimos convencê-la a ficar sózinha depois de: lermos uma história, ligarmos o rádio e pormos um dos cd's dela e deixarmosa luz baixinha (a dela é regulável).
Achas que alguma destas coisas funcionará?
Beijocas

Grilinha disse...

Oh...há hábitos bem piores !!! As dicas anteriores são boas...eu utilizava com o JP, música calminha, ou aquelas coisas que projectavam luzes no tecto. Usei, quando tinha 3 ou 4 meses para o habituar a dormir sozinho...Resultava, parece que se hipnotizava com aquilo...Beijinhos e bom feriado.

Mamã P. disse...

Cá en casa é igual e acredita que já tentei muita coisa. Agora vou dar-lhe tempo, para crescer e compreender...