quinta-feira, julho 06, 2006

Lá em casa

temos um espacito para ela brincar nos fundos (eu ia dizer garagem mas o maridão não gosta do termo). É lá que temos o escritório e a "minha" zona para passar a ferro.
Foi um espaço improvisado com 2 edredons e bastantes almofadas. É fofinho e seguro.
Ali ela está entretida com as bonecadas, legos, revistas, e um sem número de coisitas.
Um dos brinquedos preferidos é / foi um pacote de bolachas (daqueles pequenos que costumam ter 3 ou 4). Tentava abrir o dito, trincava, puxava, calcava (?) mas sem sucesso. Até um dia, claro. Depois de tanto apertão e tanta ferradela o plástico cedeu e o que antigamente era bolachas passou a ser migalhas.
Pois agora é que a festa começou! Ela, inteligente como é, se já gostava de ir para o tapetão agora só quer lá estar. E é deveras engraçado vê-la tentar penicar o resto das migalhas que sobreviveram aos primeiros ataques esfomeados. Ela fica muito atenta a tentar descobrir onde elas andam e com os deditos tipo pinças tenta agarrar as ditas. Mas elas são tão pequeninas, que ela fica ali tempo infinito até conseguir. Quando não consegue resmunga e parte para outra.
Eu parto-me a rir com ela.

2 comentários:

Grilinha disse...

Que post tão giro....

Essas experiência são deliciosas...é com elas que eles aprendem. O JP também gosta de coisas "muito pequeninas"...entretêm-se com uma migalha, uma ervilha...assim ! Bem, a capacidade que eles têm de admirar o mundo e de explorá-lo é única , linda e acho que nunca maias voltamos a ser assim....tão curiosos.
Beijocas espertas e curiosas

zezinhomota disse...

A partir de uma altura os bebés ao começarem a fazer traquinices está aí a nossa felicidade.
Desejo que tua filhinh continue assim para vossa alegria.

Bjnhs

ZezinhoMota