quarta-feira, julho 19, 2006

É bom, bom

  • quando nos dá abraços em que os seus bracinhos apertam muito, muito o nosso pescoço.
  • quando acorda e, ainda na preguiça, deito-me na caminha dela e ela começa-se a mexer, põe-se de bruços, enrosca-se, os nossos olhos a rirem, juntinhos. Depois vem o abraço que mencionei. Não há melhor despertar.

3 comentários:

keridalindinha disse...

Olá, eu de bom dia recebo um sorriso de orelha a orelha e é tão gratificante. Entendo-te perfeitamente.
Beijinhos para as duas e abraços;).

lena disse...

olá,bom dia!Vi as fotos da Inês na praia e queria perguntar-te como reagiu á areia nos pés e nas mãos?Eu tenho uma sobrinha com 2 anos que não gosta de areia.Quando vai á praia está sempre na toalha não sabemos o que fazer porque assim n aproveita a praia.Beijinhos

zezinhomota disse...

Um abraço de uma criança é um conforto muito grande, creio que foi sempre com emoção ao longo da vida que recebi um abraço de uma criança.

Tenho aqui uma vizinha, conheço-a desde que nasceu, têm uma filha, agora de uns 4 anitos e à dois anos atrás eu estava a falar ao meu portão com a mãe (a minha amiguinha). Ela levantou-se (eram umas 9h da manhã) e veio para o portão decasa delas e ao espreitar viu a mãe e veio a correr com as mãozitas no ar ao nosso encontro. A mãe julgou que era para ela, mas ela veio ao meu encontro e deu-me um abraço tão forte, não antes de chegar à minha beira de dizer zezito, zezito, zezito. foi uma gargalhada de nós os dois e eu recebi aquele abraço com muita emoção. Ainda hoje ela ao chegar da escola com a mãe, vem ao meu encontro para me dar dois beijinhos.

A criança é o ser mais reconfortante que nós temos.

Bjnhs

ZezinhoMota