segunda-feira, setembro 08, 2008

E a nova vida

começou hoje.
A manhã correu melhor do que eu estava à espera. O rapaz é uma incerteza. Tanto chora e barafusta como ri e fica sossegado.
Levantei-me às 9h com ele a pedir mama. Adormeceu. Fui tomar o pequeno almoço e aparece-me a Inês ao colo do pai. Preparo o dela que entretanto foi acompanhar o papá até ao carro. Pelo meio vou preparando a sopa dela. Mexe aqui, mexe acolá, e já são 11 horas. O almoço meio adiantado, acorda o puto. Mama novamente. Almoço no tacho, banho para mim. Puto na espreguiçadeira,
filha na televisão, mãe na banheira.
Almoço na mesa, começa ele a resmungar. Molhei-lhe um cantinho da chupeta na sopa da mana. Gostou e adormeceu.
Cozinha arrumada, filhos no carro, combinei com os meus pais num cafézito perto de ambos para custar menos a separação.
Lá ficaram todos contentes, ela com um chupa ele no colo da avó.
Apesar de tudo, custou. Custa sempre não é? Ia pensando neles mas mantive-me sempre ocupada.

Segundo informações dos meus pais, passaram muito bem a tarde.
Em relação à amamentação, detesto tirar leite com a bomba. Talvez por ser manual. Cansa-me imenso. Caso não consiga tirar o suficiente vai o rapaz ao meu emprego e come por lá. Prefiro.

Chegamos a casa por volta das 20h, demos banhos, demos jantares. Agora são 22h e dormem os dois. Lindos.

5 comentários:

sorrisos da minha alma disse...

Se tens a hipotese de ele se alimentar assim, é preferivel.
Custa sempre mas temos que saber sobreviver a esta vida de lutas!
Joquinhas

Cristina disse...

Também não gosto nada de tirar à bomba. Nem acho que tenho suficiente.
Optei por duas refeições de papa e sopa. E depois mamoca o resto do tempo.

Cristina

Monica disse...

Correu bem amiga!!
Beijocas e que continue assim :)

Luz de Estrelas disse...

Que pena! A minha bomba está emprestada senão mandava-ta, linda! Um grande, grande beijo

Mãe Frenética disse...

Olha q sorte a trabalhar so num periodo! :))
Aproveita!