sexta-feira, junho 27, 2008

Amamentação

Tal como da Inês, é um prazer amamentar.
Ele é um mamão. Durante o dia, talvez devido ao calor, não sei, não aguenta muito mais do que 2 ou 2h30. As mamadas não duram muito para ele chega-lhe 10 minutos, ao contrário dela que por vezes até demorava 30.
Tem uma mama preferida, a esquerda. Quando está com muita fome e eu lhe dou a direita, mama esfomeado mas sempre a resmungar e acaba por chorar. Dou-lhe a esquerda e é vê-lo consolado e sossegado.
Arrota imenso. E entre mamadas. E mesmo passados uns valentes minutos ele ainda arrota.
Com ela era um Deus me livre. Levantava-a, levantava-me, passeava, e mesmo assim havia altura que a deitava sem arrotar.
Ele não tem cólicas!!! E isto sim é uma maravilha. Ela tinha-as e chorava imenso durante muito tempo, antes de dormir, mas por vezes até durante o dia.
Era ela para um lado e eu para outro, ambas a chorar.
Um segundo filho traz-nos também mais tranquilidade. Não desespero ao menor sinal do que quer que seja.
Não choro, não stresso, poucas vezes me chateio. Ando tranquila, feliz da vida. É um prazer olhar para ele. Já começa a rir-se quando está na mama e dá-me uma vontade quase incontrolável de o comer. Aqueles sorrisos, embora tímidos, são o meu sol.
Espero continuar a amamentá-lo e conseguir fazê-lo muito mais tempo.

4 comentários:

flores disse...

:)

sorrisos da minha alma disse...

Vais conseguir.
Mt calma, mts liquidos e mt paz.
Beijos grandes

Monica disse...

O André era assim :)
Arrotava como gajo que se preze e mamava rápido (mas bem se tramava que eu dava-lhe a que gostava menos 1ª precisamente para ele puxar por ela lol).
Já tenho tantas saudade...
Beijocas

Lara disse...

Fiquei com tantas saudades dessa fase!!!
Adorei ler-te. Vou voltar!