quinta-feira, março 02, 2006

PALMINHAS

Olá
Como todos os dias, a primeira coisa que eu faço quando chego a casa é dar uma beijoca aos meus 2 amores: a Inês e o Jorge.
Ontem para não variar foi isso que fiz. Depois das beijoquices todas sentei-me no sofá com a pequerrucha ao colo e estava a brincar um bocadinho com ela. E não é que a rapariga começou a dar PALMINHAS. Quer dizer, andamos a tentar fazer com que ela as batesse sem sucesso e ontem, sem mais nem menos, sem quelquer pedido, começou. Claro que ficamos muito contentes. Não que isso queira dizer que já estás mais avançada, mas é sempre agradável ver-te fazer outras habilidades.
Há pessoas que comparam os bébés, tipo: ela já faz isto? ha, a minha já faz... Mas isso para mim não tem qualquer significado. Cada criança estabelece o seu ritmo, e tal como aconteceu com a Inês, mesmo a gente "forçando" ela não fez o que lhe pedíamos. Ela só o fez quando quis. E eu acho que é assim que deve ser.
Temos que as deixar à vontade.
Beijinhos
P.S.: Desculpem este desabafo final. Não sei o que me deu.

2 comentários:

Dishti disse...

Pois tens muita razão cada crinça tem o seu ritmo,e olha k ela já está muito esperta, jokinhas de Dishti e Tiago.

Anónimo disse...

É verdade - uma grande parte dos papás e mamás, gostam de comparar as atitudes das crianças dos outros com as deles para fazer ver que os deles são mais inteligentes...mas nós bem sabemos que os nossos são sempre nossos e cada coisa a seu tempo...qualquer atitude e traquinice diferente é para os pais uma alegria...e a Inês está a começar uma fase que vai surpreender cada dia que passa...e são momentos únicos...beijocas. Paula, carlos e Dioguito.